“Por que Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito,  para que todo aquele que nele crê não pereça mas tenha vida eterna”
                                                                                                        (Joao 3:16)
Hoje, como todas as tardes foi mais um dia para por meu filho pra dormir, o cochilinho da tarde, como dizemos aqui em Recife-Pe. E de repente me peguei pensando no amor que tinha por ele, nossa é um amo inexplicável, este amor, o amor de mãe. Simplesmente, sentimos é incondicional, um sorriso, muda todo o nosso dia, uma aprendizagem e tudo aquilo que não toleramos que ninguém faça conosco, com nosso filhos corrigimos sem perder o amor, a doçura. Hoje entendo o que o apostolo Paulo falou quando dizia exortar como amor, e é isso que geeralmente fazemos com os nossos filhos, os ensinamos, exortamos e até punimos com amor, doçura- mas este é tema pra outro post! Hehehe!!!
O que hoje eu venho falar é do incondicional amor de Deus. Quando colocava meu filho pra dormir, eu percebi que meu amor por ele era tão grande que jamais conseguiria fazer o que Deus fez por nós, dá-lo para morrer, pra ser escarnecido, pra ele se tornar tão repugnante que não suportasse ficar em sua presença. Este sentimento só de imaginar foi doloroso demais para mim. E ai foi quando este versículo veio à minha mente. Percebi que realmente o amor de Deus foi imenso. Porque Ele amava a seu filho, mas amava muito mais ao mundo, pois foi capaz de fazer o maior sacrifício.
Há muitos anos aprendi com a Pra. Liane da igreja Obreiros de Cristo, que sangue é moeda espiritual, “porque o salário do pecado é a morte” , logo se eu pequei eu estava automaticamente condenada a morte, e na bíblia fala que todos pecaram. Deus sabia que a única forma de voltar a ter comunhão eterna com o homem era através da morte de um homem que fosse santo sem pecado, porque da mesma forma que a morte veio através de um homem ( Adão) a vida eterna teria que vir através de um único homem (Jesus) e através dele, voltaríamos a ter a comunhão de outrora com Deus. Você deve estar pensando, este bla bla bla é antigo, qualquer pastor, em qualquer igreja já pregou isto, este versículo já é batido. Mas só agora que sou mãe entendo a profundidade deste versículo.
 Tenho aprendido a me por no lugar de Deus, talvez seja ousadia, mas faço isso pra entender as situações e entender a bíblia, aquilo que Ele realmente queria transmitir o seu amor incomparável, pois não conheço ninguém que tivesse a coragem que Deus teve, porque por nossos filhos somos capazes de dar a vida para não vê-los sofrer, mas Deus deu o filho pra morrer por quem não merecia, eu, você, o mundo.
Isto é maravilhoso demais para mim...Diante desta descoberta só posso louvar a Deus e pedi-lo que sua misericórdia se renove a cada manha na minha vida e na sua também, amem?!


Deus abençoe a todos!
Postar um comentário